O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Alagoas está investindo mais de R$ 30 milhões para aumentar a rede de atendimento no estado, como parte do Plano de Expansão na Rede de Atendimento (PEX). Das 24 Agências da Previdência Social (APS) previstas para o estado, duas já foram construídas, três serão concluídas até julho e 13 já iniciaram as obras, totalizando 18 unidades. Com isso, 75% dos municípios previstos serão atendidos pela Previdência Social.

As agências em Campo Alegre e São Sebastião já foram inauguradas. Em Teotônio Vilela, Pilar e Craíbas, a construção está em processo de conclusão. As agências em  Ouro Branco, Coruripe, Atalaia, Junqueiro, Igreja Nova, Traípu, Piranhas, São José da Laje, Marechal Deodoro, São José da Tapera, Limoeiro de Anadia, Igaci e Cajueiro já estão em obras. E nos municípios de Maragogi, Joaquim Gomes, Mata Grande, Boca da Mata, Feira Grande e Matriz do Camaragibe, o INSS está negociando com as prefeituras a doação do terreno para a concretização do projeto.

Em Ouro Branco, a agência está orçada no valor de R$ 731.888,11 e está sendo construída ao lado da Prefeitura Municipal, no cruzamento das ruas Coronel Lucena e Presidente Medice, no Bairro Luiz Gonzaga de Carvalho.

Estas cidades se enquadram nas exigências do PEX: possuem mais de 20 mil habitantes, não dispõem de Agência da Previdência Social e suas prefeituras doaram terreno para a edificação da obra. Além de injetar recursos financeiros nos municípios, gerando desenvolvimento, as novas unidades proporcionam comodidade aos seus habitantes que não terão que se deslocar em busca de atendimento previdenciário.

“O INSS encontrou boa acolhida nessas prefeituras onde foi possível firmar parceria e o resultado é a ampliação dos serviços previdenciários, facilitando o acesso dos cidadãos aos seus direitos e melhorando suas vidas”, afirma o gerente executivo da região, Edgar Barros.

Nordeste – Lançado em fevereiro de 2009, o Plano de Expansão prevê a construção, em todo o país, de 720 novas Agências da Previdência Social. Na Região Nordeste, estão previstas a construção de 339 unidades e, deste total, 48% já estão em obras.

As novas agências obedecem aos padrões de acessibilidade e modernidade da rede de atendimento do INSS. Possuem mais espaço para os segurados, equipamentos modernos de informática, mobiliário novo, sinalização, inclusive tátil, sanitários para portadores de necessidades especiais, rampas para cadeirantes e itens de segurança, como detectores de metais.

Fonte: Ascom INSS